Diretor dos sucessos de crítica Corra (2017) e Nós (2019), Jordan Peele retorna aos cinemas com seu novo filme de terror e ficção científica Não! Não Olhe! (Nope, em inglês – que também poderia ser traduzido como “nem ferrando”). Diferente de suas outras obras e ao mesmo tempo muito característico de seu estilo, Peele explora temas de espetáculo e exploração animal (e humana) e traz um novo viés para abordar uma temática comum ao gênero: invasões alienígenas. 

Ao misturar nosso medo do desconhecido com o enorme folclore sobre extraterrestres, a narrativa constrói o ambiente perfeito para um filme de terror surpreendentemente assustador, com muitos momentos tensos e jumpscares (aquelas cenas que fazem você pular de susto). Com Não! Não Olhe!, Peele prova novamente que é um expert nisso, se consolidando cada vez mais como um grande nome do gênero de terror, a exemplo de outros mestres como John Carpenter (A Coisa, de 1982) e M. Night Shyamalan (O Sexto Sentido, de 1999). 

Divulgação

O que faz os filmes de Peele tão interessantes e diferentes de tudo o que vêm sido explorado no cinema recente é que o diretor não hesita em misturar artifícios de cinema B, como cavalos sendo abduzidos, chipanzés em programas de TV e alívio cômico, com temáticas sérias e reflexões que nos fazem sair da sala de exibição e ficar pensando no que viu por dias a fio. 

E talvez esteja aí o brilhantismo de Peele: sua habilidade de, em um minuto nos fazer rir com as expressões icônicas de Daniel Kaluuya, e no outro, nos deixar boquiabertos com o choque de ver até onde vai a curiosidade e a vontade do ser humano de transformar tudo em um espetáculo, custe o que custar. 

Divulgação

Outro ponto forte do filme foram as atuações de Daniel Kaluuya e Keke Palmer, os irmãos protagonistas da história. É a primeira vez dela em um filme de Peele, mas Kaluuya também foi o protagonista de Corra (2017).O único aspecto que deixou um pouco a desejar são as pontas soltas de alguns temas interessantes que a narrativa traz e não se aprofunda, como a exploração animal e o controle sobre os instintos.

Não! Não Olhe! é o filme mais grandioso da carreira de Jordan Peele em termos de orçamento, e apesar de não ser o mais impactante, certamente mostra que o diretor está apenas começando e ainda tem muito a mostrar e explorar dentro de sua carreira.

Assista ao trailer:

Não! Não olhe!

4

4.0/5
Escrito por

Deborah Mabilde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.